Estamos atentos às mensagens da vida?

17:14 8 Comments A+ a-



Todos nós temos experiências únicas em nossas vidas. Mesmo quando todos de uma mesma família passam por uma dor, ou uma alegria, cada um as vivenciará de uma forma única e particular.
Se assim é, significa que as mensagens que chegam a nós também são únicas e individuais. Podemos ter a ajuda dos nossos companheiros de jornada (filhos, pais, irmãos, companheiros, amigos, inimigos...), para melhor compreendê-las, mas será a forma como encararemos aquela experiência que nos dará condições de modificar ou não algo em nós.
Se não estamos atentos ao que se passa em nosso íntimo, estaremos atentos ao que se passa ao nosso redor? Por incrível que pareça, podemos estar sim. Muitos de nós não se dão a oportunidade de fazer uma análise mais detida do que está acontecendo dentro de si porque têm medo do que pode encontrar, mas olham ao seu redor e absorvem alguns ensinamentos para aplicá-los em seu dia a dia. Este é um processo reverso, mas que dá certo, porque é o que este filho de Deus dá conta hoje, que ainda não confia plenamente em si mesmo para fazer diferente.
Se nos permitirmos ver, ouvir e sentir intensamente as oportunidades que nos chegam, começaremos a compreender o que programamos para superarmos nesta existência, porque a nossa vida é um reflexo de nossas escolhas e consequentes ações, sejam elas atuais ou pretéritas. Por elas, sabemos até onde vamos e o que podemos mudar para aproveitarmos ao máximo essa oportunidade de crescimento íntimo.
Mas, para que tudo isso? Para não sofrermos! E só essa resposta já nos traz imensa vontade de agarrar essa oportunidade a mais de aprendizado.
Se estivermos atentos às particularidades de nossa vida, saberemos o momento certo, o que lapidar e como agir para superarmos as nossas mazelas. Se aproveitamos cada aprendizado conquistado, sofreremos muito menos.
Eu brinco com os meus amigos que meu segundo nome era “culpa”. Para tudo o que dava errado, mesmo na vida dos outros, se eu estivesse envolvida de alguma forma, eu me culpava. Até que aprendi que essa culpa, que era útil e utilizada por mim como um instrumento de freio e mudanças, poderia ser transformada, porque, apesar da sua utilidade, ela me causava sofrimento. No início, não foi muito fácil, mas a cada oportunidade que tinha para compreender o meu verdadeiro papel em cada circunstância, vi que era muito possível não me culpar, mas sim me responsabilizar por meus atos e tão somente por eles. Senti, com uma enorme gratidão, que o sofrimento que antes eu produzia, foi por mim mesma sendo transformado em reflexão e consciência.
Todos nós viemos a este planeta escola com uma finalidade: aprimoramento. E é o que nos esforçaremos para alcançar, seja de uma forma sofrida ou não. Mas, se estivermos atentos (e não obcecados) aos avisos da vida, tudo ficará mais ameno, tudo será melhor vivido por cada um de nós.

Estejamos atentos às mensagens da vida porque elas nos mostram quais seriam as nossas propostas de mudanças íntimas, mesmo que, enquanto encarnados, tenhamos tentado nos esquivar, inconscientemente, da programação de vida que nos comprometemos a cumprir.

8 comentários

Write comentários
c s
AUTHOR
28 de abril de 2017 09:45 delete

Adorei Adriana. Sempre me pergunto quais serian minhas propostas.. estou mais atenta para poder percebe-mas..

Reply
avatar
30 de abril de 2017 09:26 delete

Que bom, CS, que você está olhando para si e buscando respostas para um melhor aprimoramento. Use-as da forma que sabe que, mais tarde, poderá se sentir mais satisfeita com o seu progresso.
Abraços fraternos.

Reply
avatar
Cristina Lugon
AUTHOR
30 de abril de 2017 18:34 delete

Estejamos atentos às mensagens da vida porque elas nos mostram quais seriam as nossas propostas de mudanças íntimas, mesmo que, enquanto encarnados, tenhamos tentado nos esquivar, inconscientemente, da programação de vida que nos comprometemos a cumprir.

Reply
avatar
1 de maio de 2017 16:21 delete

Que possamos repetir esse pensamento muitas vezes até que ele esteja impregnado em nossas ações diárias.
Abraços carinhosos.

Reply
avatar
1 de maio de 2017 17:21 delete

O problema é que muitas vezes vem aquilo que não esperávamos que viesse. Precisamos entender que nem toda mensagem que a vida nos dá é a que queremos, mas a que precisamos. Um exercício diário que precisamos fazer.

Reply
avatar
2 de maio de 2017 16:43 delete

Só de um tempo para cá é que me percebi atento às mensagens que chegam com as oportunidades da vida. E confronta-las com meus objetivos de vida tem me mostrado o que realmente vai no meu íntimo. Aí meus amigos, sou eu comigo mesmo. Não é fácil mas, hoje sinto-me melhor assim.

Reply
avatar
3 de maio de 2017 09:59 delete

Maravilhoso, Henderson! Porque, assim, estaremos criando nossas fortalezas interiores.
Abraços.

Reply
avatar
3 de maio de 2017 10:01 delete

Que bom, Argeu, que você está se dando essas oportunidades de análises interiores.
Você e todos nós só temos a ganhar com isso.
Obrigada.

Reply
avatar